terça-feira, 15 de setembro de 2009

Governo de MG proíbe coxinha nas escolas

O governador de Minas Gerais, Aécio Neves (PSDB), sancionou há duas semanas a chamada lei "anticoxinha", que consiste em proibir a venda de alimentos gordurosos - a exemplo da deliciosa (e calórica) coxinha - nas escolas públicas e privadas do Estado. As autoridades alegam que têm a pretensão de convencer as crianças a adotar hábitos alimentares saudáveis desde cedo, e o sindicato local das escolas particulares apoiou a medida, informando que algumas escolas já exigem de suas cantinas a substituição de frituras por produtos assados.
A norma se assemelha àquela tomada pela prefeitura de Los Angeles, que proibiu a instalação de novas lojas de fast-food em bairros pobres da cidade. A intenção pode ser das melhores. Em ambos os casos, a intenção pode ser das melhores, mas deve causar alguma polêmica. Opositores em geral devem alegar que o Estado está assumindo o controle do que os cidadãos podem ou não comer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário